Estatutos da CLAD
   Estatutos da Associação Portuguesa de Classificação e Análise de Dados
Capítulo Primeiro Capítulo Quinto
Capítulo Segundo Capítulo Sexto
Capítulo Terceiro Capítulo Sétimo
Capítulo Quarto
 

CAPÍTULO PRIMEIRO


(Denominação, natureza e afins)
Artigo primeiro - É constituída uma associação científica e técnica, pessoa colectiva privada e sem fins lucrativos, denominada CLAD - Associação Portuguesa de Classificação e Análise de Dados e que se regerá pelos presentes estatutos e pela lei.

Artigo segundo - A CLAD terá a sua sede no Laboratório de Estatística e Análise de Dados da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação - Universidade de Lisboa, Alameda da Universidade, freguesia do Campo Grande, concelho de Lisboa.

Artigo terceiro - A CLAD poderá filiar-se em organismos com objecto afim, regionais, nacionais, comunitários, estrangeiros ou intemacionais, bem como abrir delegações ou quaisquer outras formas de representação em território nacional ou estrangeiro.

Artigo quarto - 0 seu início conta-se a partir da data de escritura pública de constituição e durará por tempo indeterminado.

Artigo quinto - A CLAD tem por objecto a promoção e coordenação da investigação e da utilização da classificação e análise de dados, assumindo-se como a instância nacional priviligiada da concertação e da assistência mútua nestas matérias; organização, gestão e comercialização de serviços e produtos relacionados com o objecto social, nomeadamente quanto a publicações, seminános, aplicações e encontros nacionais e internacionais; representação dos utilizadores perante entidades nacionais, comunitárias e intemacionais.
Artigo sexto - No desenvolvimento das acções que concretizem o seu objecto social, a CLAD privilegiará o reforço da ligação entre o universo empresarial e institucional e a Universidade. Na concretização do seu objecto social, a CLAD desenvolverá as suas actividades isoladamente ou em colaboração com outras entidades, pessoas individuais ou colectivas.

Artigo sétimo - De entre as actividades através das quais a CLAD concretizará o seu objecto social, destacam-se, nomeadamente, as seguintes:
a) a investigação científica fundamental e aplicada;
b) promoção, condução ou realização de acções de formação e informação tendentes à especialização e complementação da aprendizagem escolar ou reconversão funcional de recursos humanos;
c) promoção, condução ou realização de actividades de prestação de serviços e da edição ou distribuiçao de publicações;
d) promoção do diálogo com instituições de ensino, com vista à melhor adequação dos seus programas de áreas afins às do objecto social da CLAD com as necessidades científicas e do mercado;
e) promoção ou apresentação de pedidos de patentes ou de registo de direitos de autor, relativamente a resultados originais decorrentes das actividades realizadas sob a égide da CLAD e que se considere merecerem ser protegidas;
f) concessão ou aquisição de direitos, a nível regional, nacional, comunitário, estrangeiro ou internacional, nomeadamente através de "royalties" ou qualquer outro tipo de concessão exigida pela prossecução dos fins da CLAD.