JOCLAD 2017 – O que realmente aconteceu…

As XXIV Jornadas de Classificação e Análise de Dados – JOCLAD 2017 decorreram, entre 20 e 22 de abril, na cidade do Porto (eleita mais uma vez o Melhor Destino Europeu), no Campus da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), mais concretamente na sede do INESC-TEC.

As JOCLAD 2017 foram uma organização conjunta entre a FEUP e a CLAD:

Presidente: José Dias (Presidente da CLAD)

Secretário: Isabel Silva Magalhães (FEUP)

Comissão Organizadora Local:

. Conceição Rocha (LIADD, INESC-TEC)

. Fernanda Sousa (FEUP)

. Isabel Silva Magalhães (FEUP)

. Luís Miguel Grilo (Instituto Politécnico de Tomar)

Presidente da Comissão Científica: Adelaide Figueiredo (Universidade do Porto)

 

PROGRAMA CIENTÍFICO:

Os três dias de trabalhos permitiram excelentes oportunidades de diálogo entre os 84 participantes, num agradável ambiente quase familiar. No total tiveram lugar 43 comunicações orais (plenárias, temáticas e livres), 21 comunicações em poster e dois minicursos. Todas as sessões mostraram a grande variedade e dinamismo da investigação atual em Data Science.

 

PRIMEIRO DIA, QUINTA-FEIRA 20 DE ABRIL DE 2017:

Minicursos: “Análise em Componentes Principais, Robustez e Deteção de Outliers: Uma Introdução em R” por Maria do Rosário Oliveira, do Instituto Superior Técnico; e “Supervised classification methods” por Pedro Larrañaga, da Universidad Politécnica de Madrid (Espanha).

Sessão de abertura: com António Silva Cardoso (Diretor do Departamento de Engenharia Civil da FEUP), Gabriel David (Membro do Conselho Administrativo do INESC-TEC), José G. Dias (Presidente da Associação de Classificação e Análise de dados – CLAD) e Isabel Silva Magalhães (Secretário das Jornadas) que deram as boas vindas e desejaram proveitosas sessões de trabalho.

Sessão plenária: “Análise de Dados Geoespaciais utilizando Mapas Auto-Organizados”, da autoria de Victor Lobo, Escola Naval.

Sessão paralela, de comunicações orais, dedicada aos temas “Aplicações em Ciências da Saúde” e “Classificação”.

 

 

SEGUNDO DIA, SEXTA-FEIRA 21 DE ABRIL DE 2017:

Sessão plenária: “Bayesian networks in neuroscience”, da autoria de Pedro Larrañaga, da Universidad Politécnica de Madrid (Espanha).

2 Sessões paralelas, de comunicações orais, dedicadas aos temas “Modelos Estocásticos e Modelos Espaciais”, “Data Mining”, “Classificação” e “Séries Temporais e Dados Espaciais”.

2 Sessões temáticas: do Banco de Portugal, com o tema “Economia e Finanças” e do INE, sobre “Desafios nas Estatísticas Oficiais VI”.

Sessão Bolsas CLAD 2017, com a atribuição de 2 prémios e a apresentação dos respetivos trabalhos.

2 Sessões de posters.

No final do dia, realizou-se, ainda, a Assembleia Geral da CLAD.

 

TERCEIRO DIA, SÁBADO 22 DE ABRIL DE 2017:

Sessão paralela, de comunicações orais, dedicadas aos temas “Modelos com Variáveis Latentes” e “Aplicações em Ciências da Saúde”.

Sessão temática da Associação Portuguesa de Demografia, dedicada ao tema “Demografia”.

Sessão plenária: “Distributional data clustering and visualization for official statistics”, da autoria de Rosanna Verde, da Università della Campania “Luigi Vanvitelli” (Itália).

PROGRAMA SOCIAL: No final do segundo dia, tivemos o privilégio de participar numa visita guiada às instalações do antigo Palácio da Bolsa, hoje sede da Associação Comercial do Porto. No fim, o habitual jantar das Jornadas no restaurante “O Comercial”, onde após a sobremesa fomos brindados pela fantástica voz do Colega Victor Lobo.

PASSAGEM DE TESTEMUNHO: No final do terceiro dia decorreu a sessão de encerramento, carregada de emoções, onde ficamos a saber que para o ano rumamos a Sul, até à Escola Naval, onde Victor Lobo e a sua equipa nos receberão de braços abertos para mais umas Jornadas que, mais uma vez, serão memoráveis. Até lá!…

Comissão Organizadora Local das JOCLAD 2017